Informação que os seus patudos merecem!

Email Marketing by E-goi

6 coisas que o seu cão odeia que façam

Surpreso? Sim, é verdade. De forma, a convivermos em harmonia com os nossos cães é importante sabermos o que os faz feliz e também o que o seu cão odeia.

Por conseguinte, algumas das ações que fazemos podem criar a ideia errada na mente canina. Nós ajudamos a descobrir algumas situações que podem ser evitadas:

1. Odores demasiado fortes

Como sabe, o olfato de um cão é extremamente desenvolvido comparativamente com o nosso.

Aliás, já notou como acontece a interação entre os cães? A “conversa” inicia com cheiros, or norma no rabo, onde o cheiro reúne todas as informações que o cão necessita para conhecer o novo colega.

Desta forma, evite odores muito fortes, especialmente perfumes e detergentes, uma vez que podem causar-lhe alergias ou alguma irritação nas narinas.

Animal na natureza

3. Barulhos altos ou repentinos para os animais

Uma vez que, a audição deles é mais desenvolvida do que a nossa, temos que ter em conta os sons que sejam muito altos quando os nossos cães estão presentes. Se para nós algum barulho está alto, para eles será 5 vezes maior.

Há sons que podem mesmo fazer doer os seus ouvidos e deixá-los stressados. Devemos evitar essa situação.

2. Abraços? Não exagere no seu cão

Se para uns o abraço representa proteção e cuidado, para outros não é bem assim.

Os cães, por exemplo, pensam de forma diferente. Alguns podem tolerar abraços, mas outros sentem-se inseguros e ameaçados. Por norma, ele tenta afastar-se e fica tenso.

Assim, demonstre carinho com miminhos e festinhas, e deixe os longos abraços para os humanos.

Abraço de cães

4. Ausência de rotina

Os nossos amigos de 4 patas são feitos de rotina. No entanto, quando não os passeamos na hora habitual ou frequentemente vamos alterando os horários, estamos a deixá-los ansiosos com estas mudanças de rotina.

Deste modo, idealmente, deve cingir-se a um horário fixo para jogar, correr, comer, passear. Eles olham para nós para os guiar na rotina.

5. O seu cão odeia pouca exploração

Muitos dos nossos animais passam horas em casa. Assim, a hora dos passeios é o momentos preferido deles, uma vez que , é aí que conseguem ter contacto com diferentes estímulos sensoriais.

É fundamental, passear regularmente e lentamente (entre 15 a 20 minutos), mudar rotas e dar-lhes liberdade.

Cão a correr.

6. Forçar a interação

A socialização com outros animais ou pessoas deve ser evitada. Ao fazê-lo estamos a causar momentos de angústia e stress para o nosso animal. Devemos aguardar que seja o patudo a ter interesse na interação.

Isto mostra como é imporante respeitar o espaço do nosso animal.

Assim, para evitar que situações pouco agradáveis para o seu animal e que o seu cão odeia, fique atento a estes sinais que exploramos e vai deixar o seu cão feliz e descontraído. Visite o nosso website e veja vários acessórios para deixar o seu animal feliz.

David Alves
David Alves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.