Informação que os seus patudos merecem!

Email Marketing by E-goi

6 Dicas para Proteger o seu Cão do Frio

Mesmo que o seu cão tenha um pelo espesso e pesado, eles podem, também, sentir frio no inverno. Os animais de estimação têm a mesma probabilidade de sofrer queimaduras pelo frio e hipotermia (temperatura corporal baixa), como os seus donos.

Mas é fácil proteger o seu cão do frio. Muitas das mesmas medidas de segurança que toma para si, vão manter o seu melhor amigo seguro e aquecido.

Dog lying on a plaid with maple fallen leaves. Puppy chihuahua warms under a blanket in cold autumn weather.

Vista-os com roupas quentes

Pequenos patudos e aqueles com pelo curto precisam de ajuda extra quando o frio aperta. Filhotes e cães mais velhos podem, também, ter dificuldade em controlar o calor do corpo.

Dica Extra: Para manter o pelo do seu amigo saudável durante o inverno, aumente a proteína e a gordura presente na dieta dele.

Limpe bem as suas Pawtinhas

Gelo, neve, sal e produtos químicos tóxicos podem acumular-se nas patas do seu melhor amigo. Se os lamberem, podem engolir os venenos. O anticongelante, em particular, tem um gosto doce, mas pode ser mortal. Sabemos que os nossos pequenos amigos gostam muito de ir para perto das viaturas.

Não os deixe sozinhos no carro.

Sabemos que não devemos deixar os nossos amigos nos veículos quando está calor. O mesmo se aplica ao tempo frio. Mesmo que não seja um risco direto para a saúde dos animais de estimação, provavelmente vão-se sentir desconfortáveis.

Tome atenção aos equipamentos dentro de casa

Fique atento aos perigos do inverno dentro da sua casa, como, por exemplo, os aquecedores. Os cães podem queimar-se ou até mesmo derrubá-los e provocar um incêndio. Tapetes aquecidos para animais de estimação podem queimar a pele do seu amigo. Uma cama ou uma das nossas fantásticas Casotas são perfeitas para os manter bem aquecidos.

Conheça os sinais de alerta.

Fique atento aos sintomas de hipotermia e saiba quando ligar para o seu veterinário.

  • Chora ou age ansiosamente
  • Não consigo parar de tremer ou parece fraco
  • Tem gelo no corpo
  • Para de se mover ou diminui a velocidade
  • Procura lugares quentes para cavar

Estes podem ser sinais de hipotermia. Assim que estiverem fora do frio, embrulhe-os em cobertores e contacte o veterinário para obter mais instruções.

Limite o tempo ao ar livre

Nenhum cão, nem mesmo o mais resistente cão do Ártico, deve passar muito tempo ao ar livre no inverno. Mesmo um bom casaco não protege todas as partes do corpo.

Fique atento aos sinais que o seu melhor amigo lhe dá, no final, só lhe faltará falar. Estamos consigo, com o principal de aumentar a felicidade e bem-estar dos nossos patudos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
David Alves
David Alves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *