fbpx

Informação que os seus patudos merecem!

Email Marketing by E-goi

Tudo o que deve saber sobre o Serra da Estrela

Belo, rústico e imponente, o Cão da Serra da Estrela não deixa ninguém indiferente, sendo a mais internacional das raças portuguesas.

Cão da Serra da Estrela apresenta dois tipos de pelagem, sendo que ambas são fortes e ásperas para suportar invernos rigorosos:

  • Curto – pelo liso, de comprimento igual em todo o corpo e sem franjas
  • Comprido – pelo liso ou ligeiramente ondulado, de comprimento desigual em certas zonas do corpo

No início do século XX, a variedade de pelo curto existia em maior número, pois não exigia tantos cuidados, mas, hoje, a variedade mais procurada e apreciada é a de pelo comprido, essencialmente por ser mais vistosa e elegante. Desta forma, os criadores concentraram-se mais nesta última, levando a que a primeira passasse a ser rara – representam apenas 10% da raça. Estas duas variedades não devem ser cruzadas.

Características

Como permanecia sempre com o rebanho mesmo quando o pastor se afastava, o Cão da Serra da Estrela desenvolveu um carácter muito independente. Por essa razão, consegue esperar pacientemente em casa várias horas até que o dono regresse, desde que não fique confinado a um espaço pequeno.

Resistentes, estão preparados para enfrentar más condições climatéricas, adaptando-se bem à vida no exterior. Toda esta independência pode resultar numa personalidade dominante, que exige um dono experiente, capaz de manter a posição de chefe da matilha.

Fases da vida

É um cão de grande porte, com uma aparência rústica e aspeto poderoso. Bem ligada e proporcionada ao corpo, a cabeça é volumosa e imponente, com orelhas de inserção média, triangulares e pequenas, e olhos ovais de expressão atenta e calma.

O peito é largo e a garupa ligeiramente descaída; os membros apresentam uma ossatura forte. A cauda é comprida e grossa, formando um gancho na extremidade.

Temperamento

O Cão da Serra da Estrela é um cão territorial e dominante, que se mostra desconfiado com estranhos, devendo, por isso, ser socializado com outras pessoas e animais desde muito cedo. Não mostra, contudo, grande agressividade, já que, na sua função original, servia apenas para dissuadir e não para atacar.

Apresenta um temperamento dócil dentro do seio familiar e é tolerante com as crianças, mas tende a escolher um dos membros como líder.

Problemas de saúde

Muito devido à forte seleção natural a que esteve exposto, o Cão da Serra da Estrela é, em geral, uma raça saudável e pouco propensa a problemas genéticos. Contudo, precisa de uma alimentação saudável e equilibrada, pois tende a sofrer de obesidade.

Cuidados a ter

A variedade de pelo comprido precisa de ser escovada diariamente para desembaraçar nós, ao passo que a de pelo curto exige apenas escovagens semanais. O banho deve ser evitado, visto que danifica a oleosidade protetora da pele.

Embora a displasia tenha alguma carga genética, os donos podem precaver o aparecimento desta doença, utilizando rações de qualidade, evitando pisos escorregadios e a subida de degraus, e moderando o exercício físico.

Origem

É uma das raças caninas mais antigas da Península Ibérica, devendo o seu nome à região montanhosa portuguesa onde se fixou e desenvolveu. Embora seja difícil determinar a sua verdadeira origem, há quem defenda que possa descender de cães de grande porte, que foram lentamente introduzidos em várias partes da Europa no tempo dos Visigodos.

A sua função primordial era acompanhar os pastores e rebanhos nas suas migrações anuais, defendendo-os de lobos e assaltantes, permanecendo sempre com os animais, mesmo quando o pastor se ausentava para ir à aldeia, por exemplo.

O desaparecimento dos lobos na região e a desertificação do interior levaram a que a raça passasse também a ser utilizada para a guarda de propriedades.

Curiosidades

Entre as raças portuguesas, é a mais popular do nosso país, sendo aquela que apresenta mais registos no Clube Português de Canicultura. Além disso, é também a mais reconhecida além-fronteiras.

Antigamente, os pastores cortavam a cauda e as orelhas aos Cães da Serra da Estrela.

Fonte: https://www.vidaativa.pt/cao-da-serra-da-estrela/

Recomendamos:

Casota Tamanho XXL: Veja Aqui.

Comedouro Tamanho L: Veja Aqui.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
David Alves
David Alves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *